Política Pública para Cultura Rádio Quilombo FM de Repórter Popular ai esta Clauber (Multiplicador da Oficina Juventude em Foco) fazendo matérias Luta da Terreira da Tribo

Foto na Camara Construção da Terreira 1 Foto construção da Terraira2

Renan da Terreira5

 Estávamos lá nos da Rádio Quilombo FM (André de Jesus, Clauber) cobrindo e pressionando os vereadores de POA para aprovar uma emenda orçamentária Plana Plurianual de Aplicação complementar (PPA) para viabilizar os recursos para a construção do prédio da Terreira da Tribo hoje está na Rua Santo Dumont 1186 Bairro São Geraldo zona norte o Território Cultura na Rua João Alfredo 709 – Cidade de Baixa.

 Lá foi aprovado em caráter simbólico a nominata de 300 Mil Reais. Ficamos vigilantes por que agora na discussão do orçamento (Outubro) vamos para disputa de novo.Estamos ai compondo junto a Luta Histórica de Construção do Território Cultura Terreira da Tribo que começou em 1994 em Porto Alegre quando o Grupo Tribo de Atuadores Ói Noís Aqui Traveiz recebe a drástica noticia ordem despejo do prédio na Jose do patrocínio aonde o grupo se enraizara por 15 nos desenvolvendo diferentes atividades culturais, política e social levado o teatro para a maior parte da População das Periferias (projeto Teatro como Instrumento de Discussão Social) de Poa e desenvolvendo uma pesquisa cênica inovadora (Teatro de Vivencia) e de um profundo entendimento da Cidade (Teatro de Rua) desenvolvendo o (projeto Caminhos para um Teatro Popular) com apresentações em bairro da cidade. Sendo referendado na época por todo o fórum público que tinha na cidade do OP (Orçamento Participativo) a Conselhos Municipais a importância de manter a Terreira da Tribo e tornar um cetro cultural, Ói Noís e um dos grupos com a maior referencia do teatro em Porto Alegre para o Brasil. Catalisando atividades de deferentes expressões artísticas no seu espaço grupos todas de forma libertaria e coletiva.

Ai começa uma luta que está levando já 15 anos e ontem obtivemos mais um passo nessa trajetória que passasse no O Plano Plurianual de Aplicação (PPA) 2010/2013 a anominata da Terreira da Tribo passou 300 mil reais. Por que já um patrimônio da cidade o Espaço da Terreira da Tribo.

Clauber entrevistando Diretor e atraes Caixa Preta3

 Clauber entravistado Clelio4

Não vamos dar destaques não para aqueles que fazem o jogo mais sórdido ( Ai está Clauber entrevistado Clelio Cardoso Atuador Ói Noís e ao lado são os membro do grupo Teatro Caixa Preta)  da categoria humana nas relações de entre povo e parlamento com algumas exceções, por se sabe como funciona o “toma lá da Cá” na Politica. Mas foi um laboratório importante para entender as quantas andas a nossa política local e seus representantes para dar exemplo não sabiam quando anos tinha o espaço do Grupo (Terreira da Tribo são 25 anos) e nem do próprio Grupo (Ói Noís Aqui Traveiz são 31 anos), sendo que lês foi passado um vasto material do grupo e da sua historia e sendo que nem  um desses representantes da Politica local, quando foram convidados a comparecer na comemoração dos vinte cinco anos da Terreira no dia 29 de Julho não comparaceram em um foi são muito ocupados! Hahahaha! Se foram foi um, dois nos não vimos a tinha muita gente da restinga do povo lá, lá.. Na TERREIRA! Agora se perguntar que é a Tribo? Nas periferias nos bairros dessa cidade não teve lugar que o Ói Noís não se apresentou com seu Teatro e Rua nessa cidade e o povo sabe quem é mais uma grande parte dos vereadores não! isto ficou muito forte que Papagaiada He!

PICT0109

La estava Diretor de Teatro, Atores, Atrizes, Oficinandos das Oficinas Populares do Ói Noís e os Atuadores e os Oficinandos da Escola de Teatro Popular Oficina para Formação de Atores.

Democratizar a Cultura prescimos de Luta…

Anúncios