Comunicadores da Rádio Quilombo – Tio Mano

 

Um jornal de grande circulação em Porto Alegre fez uma matéria sobre um grande amigo e comunicador da Rádio Quilombo. Abaixo, reproduzimos a matéria.

Conheça João Manoel Vargas Madrid, o Tio Mano

 

A cultura é o principal ingrediente que compõe o modo de vida do autor de dezenas de textos rimados

 

Lisiane Lisboa  |  lisiane.lisboa@diariogaucho.com.br 

A cultura é o principal ingrediente que compõe o modo de vida de João Manoel Vargas Madrid, autor de dezenas de textos rimados. Aos 66 anos, mora há apenas quatro no Bairro Restinga, e orgulha-se por ser o autor do hino deste bairro. Ele conta que, antes de ingressar na primeira série do ensino fundamental, quando morava em Caçapava, sua cidade natal, já sabia ler e escrever. A arte do teatro e da escrita sempre lhe chamaram muito a atenção. Como voluntário, envolve-se em projetos de textos e peças teatrais desde a infância.

Com o incentivo da mãe, Maria Francisca Vargas Madrid, 85 anos, enfrentou o preconceito da vizinhança, que costumava tecer comentários maldosos sobre João:

– Falavam para minha família que, além de pobre, eu era louco – lembra.

Entre os 19 irmãos, se destacava pelo espírito engajado em causas voluntárias.

– Poderia ser professor, como fez minha irmã, mas acabei desistindo e me dediquei às artes – relata.

Ao sair de Caçapava, foi tentar a vida em Viamão, mas encontrou grandes dificuldades para sustentar a família que havia criado. Sua ex-esposa e seus dois filhos ficaram na cidade, e o escritor foi para Porto Alegre, para divulgar seus poemas.

Contudo, a falta de dinheiro concedeu difíceis situações à trajetória de João. Chegou a morar em um albergue na Capital, por não ter moradia fixa. Com a ajuda de amigos, foi levado ao Bairro Restinga, e mostra-se um verdadeiro apaixonado pela região. Tio Mano, como é conhecido pela comunidade, vive com a ajuda dos moradores. É apresentador de um programa na Rádio Comunitária da Restinga, todos os sábados, às 17h, e trabalha nas oficinas de teatro e poesia na Biblioteca do Centro Administrativo Regional (CAR – Restinga e Extremo Sul).

Frequentador assíduo das seções da Terapia Comunitária, encontrou no auxílio psicológico motivos para sair da depressão que sofria pelas dificuldades enfrentadas. Hoje, símbolo do bairro, Tio Mano é lembrado por todos os vizinhos e foi homenageado na Semana da Restinga com o troféu Orgulho Periférico. O presidente da Associação Artística e Cultural da Periferia, Luciano Moucks, resume a essência do poeta sonhador:

– Tio Mano representa o artista brasileiro. De origem pobre, mas com a consciência repleta de bons pensamentos.

Hino da Restinga

“Ó Restinga dos poetas
E das musas prediletas
Dos espaços culturais
A rádio da comunidade
Transmitindo amizade
Assim também nos jornais”

Terapia Comunitária

” Terapia comunitária – uma ação solidária
Que dá sentido à vida
Que organiza pensamentos – educa sentimentos
E resgata a esperança perdida”

Pobre louco

“Ajudem o pobre louco
Esse é o meu pedido
O que por ele fizerem
Eu fico agradecido
Quem a ele ajudar
Por Deus será retribuído”

12652116

Anúncios

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s