Comunicador da Rádio Quilombo Fm Estreia no teatro Popular em pleno Territorio Cultural da Terreira da Tribo Lotado de gente e da Nossa gente!

Clauber Fonseca comunicador da Rádio Quilombo Fm Conexão Brasil Restinga ás 19h todos os sábados. Banco o desafio e participou da apresentação do processo de criação do exercício O que é a Restinga? O nosso exercício que a Oficina de Teatro popular da Restinga Coordenada por Renan Leandro da Tribo de Atuadores Ói Noís Aqui Traveiz, desenvolve dês de dois mil e cinco na Restinga e  hoje a Oficina acontece na Associação Núcleo Esperança I ao lado fórum de Justiça da Restinga todas as Segundas e Quarta feiras 20h ás 23h. Nesse momento estão em processo de criação dramatúrgica de um texto que possa estar contanto através do Teatro algumas lutas históricas da Restinga. Como dos indicativos e a lenda Hospital que a comunidade se mobilizou este ano para efetivar e pressionar o Prefeito que esta ai para que se efetive a construção de fato, dessa prioridade histórica da Comunidade.

Vai vir outros temas com que na pratica são para serem mencionados na peça, um deles para destaque além do hospital e grande manifestação dos cultos religiosos de matrizes africanas na Restinga, que se mantêm dês do início da restinga. E entre outros temas com certeza que nos motivam para estar contando na peça nossa versão do nosso querido Bairro do extremo – Sul.

Anúncios

As festas desse Final de semana para alegrar também a nossas Mentes

O CENTRO É DO POVO
A OUTRA FESTA
19 DE DEZEMBRO
A PARTIR DAS 14HS

QUILOMBO DAS ARTES- ESCADARIA DA BORGES

Dia 17/12/2009 – Quinta Feira, 22:00 em ponto.
Entre Bar – José do Patrocínio , 340 – Porto Alegre.

com as bandas:

Meinhof (diretamente de Londres) www.myspace.com/dhcmeinhof

No master (poa) www.myspace.com/nomasterspunk

Gritos de Ódio (poa) www.myspace.com/gritosxdeodio

Thrash ( poa)

Sendo assim, estão todos e todas convidados para participar desse encontro do dia 17/12 das 9h ás 14h, no galpão da SMAM, no parque da harmonia, ao lado da guarda municipal, pois mostraremos a todos (as) que moradores de rua não tem que ser enxotados e mau tratados, ten sim é que se organizar minimamente para ter vóz frente a indiferença, o preconceito, a desigualdade, a violência e se alguém quiser aprender a lidar com as diferenças tem que se aproximar e reconhecer esse povo, a partir da realidade dele, para entender a escola de diversidade que existe aí. A gente não quer só comida, você tem sede de quê? Tem fome de quê?

Não tá morto (a) quem peleia!


ATO EM LEGÍTIMA DEFESA !!

ATO EM LEGÍTIMA DEFESA

Àquelas e Àqueles que aguardavam, o tempo chegou: Ato em Legítima Defesa a favor da equidade racial e repúdio as agressões raciais ocorridas na UERJ e no em torno.

No horário de Brasília às 17horas terça feira dia 15 de dezembro de 2009.

No Hall do Queijo

Em menos de uma semana agressões racistas ocorreram nesta Universidade. No sábado dia 05 de dezembro de 2009 a Negra estudante do serviço social foi agredida por aluno branco do IME – UERJ que a xingou de Chimpanzé e na última sexta feira dia 11 de dezembro, 3 alunos brancos  do curso de FILOSOFIA  – UERJ depredaram a sala Abdias Nascimento, sede coletivo Denegrir, a chutes, seguidos gritos ofenderam todas e todos as negras e os negros com as seguintes palavras: “ COTISTAS DE MERDA!, PODER ARIANO, PODER BRANCO, SOMOS BRANCOS POR ISSO SOMOS SUPERIORES E DOMINAMOS TUDO e pichações racistas onde afirma no banheiro feminino: “MULHERES NEGRAS SÓ PODEM TER 3 FILHOS POR QUE O 4º É FORMAÇÃO DE QUADRILHA”.

NÃO PODEMOS DEIXAR ISSO PASSAR EM BRANCO.

DeNegrir
Coletivo de Estudantes Negros/as da UERJ.
http://br.groups.yahoo.com/ group/denegrir_uerj2005/

http://www.denegrir.cjb.net

Querem extinguir a Tv Pública – TVE

Logo aquele comentarista  Santa Catarina – RBS fala aquilo tudo ai estão aqui no Rio Grande querendo Privatizar a Tv Pública. Aos poucochinhos que da para perceber e  na camufla. Aos uma campanha para conscientizar os gaucho do que está rolando.Tem um blog que esta acompanhando  o desenrolar dos fatos que vai para o desmonte da Fundação Piratini.

Vergonha para Nos Gauchos!